Entenda o que é privacidade e como atuar nesta área?

10
 min de leitura

Você sabe o que é privacidade? No post, vamos explicar o conceito e sua importância para as empresas. Confira!

Entenda o que é privacidade e como atuar nesta área?

A preocupação com o conceito de privacidade é um tópico que requer grande atenção por parte das pessoas, principalmente quando a tecnologia está envolvida. Por isso, entender o que é privacidade e como lidar com essa área é fundamental para assegurar a eficiência de processos e evitar problemas que podem impactar no andamento das estratégias.

Apesar da ideia de privacidade estar presente na maioria das questões do nosso dia a dia, esse conceito ainda é muito mal compreendido por grande parte da população. Ao entender seus princípios, é possível dar às pessoas o poder de escolha na hora de compartilhar dados com empresas ou governos, por exemplo.

Continue acompanhando e entenda a fundo o que é privacidade e sua importância na transformação digital!

O que é privacidade?

A ideia básica por trás do conceito de privacidade envolve a solitude de um indivíduo em relação às demais pessoas. Porém, no universo digital, esse conceito é muito mais amplo, englobando características que giram em torno dos dados pessoais de cada usuário que navega pelas redes.

A privacidade de dados significa a capacidade de cada indivíduo determinar por si mesmo quando, como e até que ponto seus dados pessoais serão compartilhados ou comunicados a outras pessoas e empresas. Essas informações podem indicar o nome, endereço e até mesmo o comportamento de alguém.

O conceito de privacidade pode ser dividido em quatro dimensões:

  1. solitude: condição na qual o indivíduo está livre da observação de outras pessoas;
  2. intimidade: processo em que a reclusão é fundamental para se associar (muito comum em relações pessoais de casais, por exemplo);
  3. anonimidade: condição de permanecer desconhecido e livre de identificação entre outros indivíduos;
  4. reserva: desejo pessoal de limitar a revelação de informações particulares para outras pessoas.

Por que esse tema deve ser motivo de preocupação?

Precisamos considerar a raiz da ideia por trás de uma informação pessoal. Esse tipo de dado revela características importantes que estão inseridas na intimidade de alguém. Lidar com a privacidade está ligado diretamente à liberdade, autonomia e livre desenvolvimento de personalidade de uma pessoa.

Portanto, assegurar a privacidade e proteção de dados e outros direitos é crucial para garantir os direitos fundamentais de cada indivíduo no país. Com a Lei Geral de Proteção de Dados em vigência, esse assunto se tornou ainda mais importante para as empresas.

Assim, o processo de coleta e tratamento de dados precisou se adaptar às novas regulamentações, assegurando o respeito à informação alheia dos usuários e parceiros das organizações em negócios que trabalham com Big Data. A LGPD promove a liberdade de expressão e o acesso às informações, além de fomentar a prática da cidadania em nossa sociedade.

Qual é a sua importância?

Entender o que é privacidade é muito importante ao considerar que esse conceito também engloba o direito humano fundamental. Além disso, existem leis de proteção de dados que foram desenvolvidas para proteger esse direito. Portanto, a privacidade de dados também é um assunto extremamente importante.

Com as regulamentações em prática, as empresas precisam trazer o máximo de confiabilidade aos seus sistemas no momento em que começam a lidar com dados pessoais de seus clientes e parceiros. O usuário moderno precisa confiar que suas informações serão tratadas com cuidado e respeito, tendo liberdade para acessá-las, modificá-las ou excluí-las a qualquer momento.

Além disso, entender a importância da privacidade traz outros importantes benefícios para o dia a dia de uma empresa. Confira a seguir os pontos principais!

Evitar fraudes

Lidar com dados pessoais de outras pessoas é um assunto muito delicado, principalmente ao considerar que uma brecha de segurança pode comprometer essas informações e trazer sérias complicações ao indivíduo.

Um vazamento de dados, por exemplo, pode favorecer ações fraudulentas por parte dos criminosos, impactando na vida das vítimas que tiveram suas informações expostas.

Dessa forma, entender o que é privacidade e trabalhar com esse conceito servindo como base de seus processos é extremamente importante para evitar fraudes e trazer mais confiabilidade aos seus serviços e produtos.

Segurança

Os dados pessoais de usuários são uma fonte de insights valiosos para empresas trabalharem melhor seus produtos e serviços. Porém, hoje, esse processo envolve alguns critérios que são extremamente importantes ao lidar com o conceito de privacidade de cada indivíduo que interage com a marca.

Portanto, ao considerar a privacidade de seus usuários, é possível criar uma camada extra de segurança para as informações de seus clientes e parceiros. Para isso, as pessoas devem ter liberdade para saber como e por que a empresa está coletando seus dados, possibilitando excluí-los caso seja sua preferência.

Proteção

A privacidade de dados de uma pessoa envolve um aspecto muito importante para cada indivíduo: sua liberdade. Quando as atividades de alguém são rastreadas e monitoradas, elas perdem a sua capacidade de se expressar livremente, principalmente em países onde o governo adota medidas mais agressivas para a opinião de sua população.

Dessa maneira, esse tipo de resultado pode ser muito prejudicial para uma pessoa. Para as empresas, é preciso avaliar os processos para que eles estejam alinhados às expectativas de seus clientes e parceiros em relação à proteção de seus dados. Assim, além de consolidar a reputação da marca no mercado, é possível também evitar multas e sanções.

Como trabalhar na área de privacidade?

Trabalhar na área de privacidade exige um profissional com perfil analítico. Essa pessoa deve olhar para a empresa e avaliar a maneira como os dados são tratados em todos os níveis de negócio. Assim, pode implantar as adaptações necessárias para garantir que a organização esteja em conformidade com a LGPD.

Para isso, é preciso que esse tipo de processo seja contínuo. O profissional de privacidade deve realizar um mapeamento completo sobre a maneira como os dados pessoais se inserem nos processos organizacionais. Considerando as particularidades de cada negócio, os desafios podem variar de uma marca para a outra, criando ramificações para o trabalho de quem atua nessa área.

Pronto! Agora que você entendeu o que é privacidade e sua importância, tem o embasamento inicial para começar a atuar na área. Lembre-se de procurar entender as questões que envolvem a privacidade individual das pessoas, dentro e fora das empresas. Além disso, não se esqueça de desenvolver seu perfil analítico, para dar suporte às demais áreas e favorecer seus insights.

Aproveite a visita: complemente seus conhecimentos descobrindo o que é a governança de dados e qual sua importância!

Compartilhar esse conteúdo: